Notícias



Manifesto IAB:

Um século de arquitetura e urbanismo pela democracia, cultura e direito à cidade.

Confira trechos do Manifesto do Centenário e acesse aqui documento na íntegra

“Comemorar o Centenário é motivo de orgulho e alegria para o IAB. A arquitetura é uma das mais visíveis e permanentes manifestações e expressões da capacidade criativa do ser humano, e sua dimensão cultural, civilizatória e libertária tem valor inestimável na história de uma nação. O grupo de profissionais que se reuniu em 1921 na Sala de História e Teoria da ENBA para fundar o IAB tinha como seus objetivos mais importantes a defesa da cultura nacional e a promoção da arquitetura como expressão extraordinária e legítima da brasilidade. Esse compromisso, atualíssimo, persiste até hoje”.

● ● ●

“A história centenária do IAB foi construída com dedicação, luta e ação política. Ao longo de sua história, o IAB consolidou a compreensão de que, entre os direitos fundamentais do homem se inclui a habitação e o direito a cidades saudáveis, justas, equitativas e generosas. E, principalmente, de que o acesso massivo à arquitetura e ao urbanismo depende de ações políticas.
Em 2021, o IAB lança seu olhar para os próximos 100 anos, ao lado das entidades que defendem a democracia e as liberdades democráticas, elevando nossa voz contra as arbitrariedades e os desmandos que enfrentamos e enfrentaremos cada vez mais.
Propõe inscrever suas lutas nas formas de organização e na prática cotidiana, como força política transformadora a consolidar a responsabilidade técnica e social dos arquitetos e de sua prática profissional, a tornar a arquitetura e o urbanismo bens acessíveis a todos os brasileiros.
Discutir e divulgar a arquitetura brasileira genuína
Eliminar as desigualdades arraigadas na sociedade brasileira e extirpar todas as formas de preconceito e discriminação
Reunir esforços contra o desmonte da indústria nacional, da ciência, da cultura e dos direitos sociais e econômicos, contra a exploração do trabalho, e contra a expansão da agropecuária de exportação e do extrativismo
Lutar contra a desigualdade histórica no acesso à terra – rural ou urbana – a qual se reflete nos grandes temas atuais: identitários, ambientais, alimentares, econômicos
Construir caminhos para o acesso à arquitetura e ao urbanismo por todos os setores de nossa sociedade”.

                                                                                                          ● ● ●

“No ano do Centenário, o IAB reafirma sua convicção de que projetamos e planejamos porque acreditamos que o mundo pode ser melhor do que é, desenhado a muitas mãos, a partir do reconhecimento da dignidade e da liberdade de todas as pessoas. E que as propostas expressas neste MANIFESTO somente serão alcançadas em sua plenitude quando também houver DEMOCRACIA em sua plenitude”.

 

Assinam este documento, ao lado da presidente Maria Elisa Baptista, todos os ex-presidentes, conselheiros vitalícios:

Telmo Magadan
Antônio Carlos Campello Costa
Ciro Felice Pirondi
Romeu Duarte Jr
Gregório Repsold
Haroldo Pinheiro Villar de Queiroz
Gilberto S. Domingues de Oliveira Belleza
João Virmond Suplicy Neto
Gilson Paranhos
Sérgio Ferraz Magalhães
Nivaldo Vieira de Andrade Junior



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2021. Todos os direitos reservados.