Notícias



SEMINÁRIO REDE PHI BRASIL

A Faculdade de Arquitetura (FAUFBA), o Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos (MP-CECRE UFBA) e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU UFBA), realizam o Seminário da Rede PHI Brasil (Patrimônio Histórico + Cultural Iberoamericano). O evento será lançado  no Auditório Mastaba da Faculdade de Arquitetura da UFBA, no dia 27 , às 18h, e segue com programação até o dia e 29 de agosto.

A Rede PHI é uma rede internacional, com cinco anos de existência, sediada na Universidad Politécnica de Madrid, que visa divulgar as discussões que estão sendo travadas sobre as intervenções no patrimônio edificado e urbano – debates propostos por alunos de inúmeras universidades ibero-americanas. O projeto da Rede PHI vem indicar o desenvolvimento de um sistema de informação a uma escala global, com base nas capacidades produtivas de cursos de graduação e pós-graduação em arquitetura e urbanismo vinculados a universidades com padrões de excelência reconhecidos internacionalmente. Interessa, mais particularmente, a produção de seu corpo discente, apoiada pelos consultores e orientadores das disciplinas de projeto de arquitetura e urbanismo – professores ligados às diversas instituições. O seu objetivo é o de criar uma plataforma que permita um melhor conhecimento do valor estratégico do patrimônio, assim como uma gestão mais eficiente desta herança comum, de modo a ativar a capacidade de ordenamento do espaço habitado.

Neste sentido, o Seminário Rede PHI Brasil: Ensino e Produção de Projeto de Intervenção sobre Patrimônio Edificado e Urbanístico de Interesse Cultural – além de promover um debate sobre os rumos da salvaguarda do patrimônio cultural no contexto brasileiro atual – tem o escopo de fomentar discussões sobre o processo de formação de arquitetos para a atuação no campo da conservação e restauração do patrimônio edificado e urbano no âmbito das universidades parceiras da Rede PHI no Brasil (UFMG, UFBA, UFPE, UFPEL, UFF, UFRN).

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Confira a a lista detalhada do lançamento: Diálogos metropolitanos Lima / Salvador. Processos Urbanos e Desafios do Urbanismo Contemporâneo. Autores (organização): Marco Aurélio A. de Filgueiras Gomes, Wiley Ludeña Urquiso Violet-le-Duc e o Restauro de Notre-Dame. Autores: Mário Mendonça de Oliveira e Cybèle Celestino Santiago Fernando Belaunde Terry y el Ideario Moderno. Arquitectura y Urbanismo en el Perú entre 1936 y 1968 / Fernando Belaunde Terry e o Ideário Moderno. Arquitetura e Urbanismo no Peru entre 1936 e 1968. Autor: José Carlos Huapaya Espinoza Da cidade Monumento à Cidade Documento. A norma de preservação de áreas urbanas no Brasil: 1937-1990. Autor: Marcia Sant’Anna Produção e gestão do espaço. Autores (organizadores): Maria de Lourdes Costa, Maria Lais Pereira da Silva (Re) Descobriram o Ceará? Representações dos sítios históricos de Icó e Sobral: entre areal e patrimônio nacional. Segunda Edição Autor: José Clewton do Nascimento A pedra e o tempo. A arquitetura como patrimônio cultural / Stone and time. Architecture as cultural heritage. Autor: Flavio de Lemos Carsalade Salvador: os impactos da Copa do Mundo 2014 Autor (organizador): Angela Gordilho Souza Formas urbanas. Cidade real e cidade ideal: contribuição ao estudo urbano de Salvador Autor: Antonio Heliodorio Lima Sampaio Produção imobiliária da cidade de Salvador: entre o público e o privado. Autor: Glória Cecília dos Santos Para além dos jogos de futebol: o processo de reestruturação das cidades para a Copa de 2014 e a ‘marca Brasil’ Autor: Any Brito Leal Ivo Cadernos PPGAU/FAUFBA. Número Especial 11. Interfaces entre a arquitetura religiosa e a construção da paisagem urbana nas colônias lusitanas.



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.