Notícias



Quitandinha+50 Salvador debate os problemas dos centros urbanos das grandes cidades

Evento acontece dias 23 e 24/08, na Faculdade de Medicina da Bahia. Palestra magna será proferida pelo arquiteto Pablo Contrucci, que apresentará a experiência de reocupação do centro de Santiago.

O Instituto de Arquitetos do Brasil-Departamento da Bahia (IAB-BA) realiza, nos próximos dias 23 e 24 de agosto, o sexto ciclo dos Seminários de Política Urbana Quitandinha+50, em Salvador. O nome foi escolhido em referência ao histórico e marcante Seminário Nacional de Reforma Urbana, ocorrido há meio século no Hotel Quitandinha, em Petrópolis (RJ). Com o tema Esvaziamento dos centros: a dinâmica urbana e a expansão incontrolável”, a etapa baiana do evento acontece no Auditório Alfredo Britto da Faculdade de Medicina da Bahia, no Terreiro de Jesus, e terá transmissão ao vivo através do site www.iab-ba.org.br. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no local, a partir das 8h30 do dia do evento. As vagas são limitadas a 200 participantes.

“O tema escolhido pra discussão não poderia ser mais adequado para o momento de Salvador”, ressalta Nivaldo Andrade, presidente do IAB-BA. Enquanto novos bairros habitacionais e de serviços vêm surgindo em diversas zonas da Região Metropolitana, totalmente desprovidas de qualquer infraestrutura, existem hoje mais de 1.200 imóveis desocupados no centro da cidade. Os números são de um estudo realizado pelo Escritório de Referência do Centro Antigo de Salvador.

O IAB-BA defende que a recuperação e reocupação do Centro Antigo de Salvador devem ser colocadas como prioridades pelos gestores municipais e estaduais e por toda a sociedade soteropolitana por causa da sua importância simbólica, dos seus valores paisagísticos e históricos, do seu processo de esvaziamento e degradação, além do seu indiscutível potencial de transformação”, alerta Nivaldo. Os ciclos de seminários do Quitandinha +50 analisarão o caso da capital baiana, a partir da reunião de especialistas com experiências em outras cidades do Brasil e do mundo.

Para a conferência magistral do Q+50, foi convidado o arquiteto Pablo Contrucci, que teve um papel fundamental no exitoso processo de renovação urbana do centro tradicional de Santiago, no Chile, que incluiu a criação de milhares de novas unidades residenciais através de convênio entre imobiliárias privadas e cooperativas habitacionais. O presidente do IAB-BA observa que essa palestra “certamente trará importantes contribuições, que podem servir de referência para os centros de várias cidades brasileiras”.

História do evento

Meio século após organizar o histórico Seminário Nacional de Reforma Urbana ser realizado no Hotel Quitandinha, em Petrópolis, Rio de Janeiro, o Instituto de Arquitetos do Brasil promove o ciclo de Seminários de Políticas Urbanas Quitandinha+50, com o intuito de discutir as metrópoles brasileiras, o território, a moradia e o papel do espaço público na cidade do futuro.

Programação

Participam da abertura do evento, nesta sexta, às 9h30, o Secretário de Planejamento do Estado da Bahia, José Sérgio Gabrielli, o Secretário de Urbanismo e Transporte do Município de Salvador, José Carlos Aleluia, e a Presidente da Comissão Especial de Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa da Bahia, deputada estadual Maria Del Carmen para discutir “Políticas públicas, planejamento urbano e centralidades metropolitanas em Salvador”. Esta mesa será mediada por Nivaldo Andrade, presidente do IAB-BA, e terá como debatedor o Professor Titular de Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da UFBA, o arquiteto Heliodoro Sampaio, uma das figuras mais respeitadas da área no estado.

Na tarde do dia 23, às 14h30, ocorrerá a segunda mesa redonda, que trata dos desafios das áreas centrais de três das principais metrópoles brasileiras: Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. Para analisar o caso do Rio foi convidado o Presidente Nacional do IAB, Sérgio Magalhães, um dos maiores urbanistas brasileiros, que durante quase 20 anos esteve envolvido diretamente com o planejamento urbano da Região Metropolitana da capital carioca, ocupando vários cargos municipais e estaduais. Para falar sobre São Paulo virá Regina Meyer, Professora Titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, que teve intensa participação na Viva o Centro, pioneira associação da sociedade civil focada no fortalecimento do centro da capital paulista. Para completar o debate, Geraldo Marinho, professor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFPE, arquiteto com larga atuação no planejamento do Recife e de diversos municípios desta região metropolitana. O debatedor dessa mesa será Isaías Carvalho, professor da Faculdade de Arquitetura e da Escola de Administração da UFBA, cuja tese do seu doutorado, defendida na USP, teve como tema a centralidade urbana em Salvador.

Para fechar a programação deste dia, às 17h30 será proferida a conferência magistral pelo arquiteto Pablo Contrucci, que apresentará a experiência de reocupação do centro de Santiago (Chile). Professor e consultor nas áreas de desenvolvimento e renovação urbana, Contrucci foi, entre 1997 e 2000, diretor executivo da Companhia para o Desenvolvimento de Santiago, quando coordenou diversos projetos importantes, dentre os quais o Programa de Repopulação do Município de Santiago, que implantou 21 mil novas residências na área central da capital chilena.

No sábado, dia 24/8, às 9h, será realizada a mesa redonda “Olhares sobre a dinâmica urbana de Salvador e suas centralidades” com a participação dos arquitetos e urbanistas Isaías Carvalho, Alberto “Chango” Cordiviola e Francisco Ulisses Santos Rocha, além do economista Ronald Lobato. À tarde haverá reunião de grupos de trabalho para redigir o documento final do “Q+50 Salvador” que será apresentado à plenária, para aprovação, às 17h.

Assessoria de Imprensa IAB-BA
COMUNIKA PRESS (71) 3497-5000

Baixe release completo.



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.