Notícias



Pelo planejamento urbano solidário e inclusivo

O Dia do Urbanismo tem a sua data instaurada em Buenos Aires, em 1934, por Carlos María della Paolera, mas somente em 1949, a Organização Nacional – das Nações Unidas (ONU) decide incorporá-la no seu calendário e mais de 30 países seguem este recomendação. O Brasil comemora o Dia do Urbanismo desde 1987, quando foi aqui oficializada.

A palavra deriva-se dos estudos do engenheiro catalão Ildefonso Cerdá, responsável pelo projeto de ampliação de Barcelona na década de 1850. Apesar de jamais ter usado o termo urbanismo, Cerdà cunhou o termo urbe para designar,  de modo geral,  os diferentes tipos de assentamento humano e o termo urbanização, designando a ação sobre a urbe. Destes termos muito próximos surgirá o nome urbanismo no início do século XX.

Urbanismo é uma ciência humana  de caráter multidisciplinar inserida no contexto de uma sociedade em processo de constante crescimento demográfico, enfrentando suas demandas e problemas de urbanidade. O urbanismo pode ser entendido como um conjunto de práticas e ideias que envolvem a arquitetura e o seu diálogo com a ecologia, a geologia,  a geografia, dentre outras ciências.

No Brasil, país continental onde 85% da população vive em cidades de diferentes portes, marcadas por desigualdades sociais e econômicas,  é fundamental que se estabeleça o debate sobre a reforma urbana e a função social da cidade, prevista na Constituição Brasileira e regulamentada pelo Estatuto da Cidade. Entre os principais temas debatidos estão: planejamento, mobilidade, habitação, patrimônio histórico, cultural e ambiental, infraestrutura, áreas de lazer e sistemas de áreas verdes.

A grande quantidade e a diversidade de cidades espalhadas por todo o território nacional impõe planejamento descentralizado e adequado a cada realidade, que priorize a qualidade de vida nas cidades, articulando desenvolvimento social e econômico.  A inclusão socioterritorial exige a promoção de práticas democráticas que promovam qualidade ao espaço, e economia distribuída de forma igualitária e compartilhada por todos.

Neste dia 8 de novembro, o IAB-BA encaminha uma reflexão sobre o espaço urbano e o seu planejamento, abordando os desafios e riscos inerentes à edificação de uma cidade. Pelo Planejamento Urbano Solidário e Inclusivo!

 



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2018. Todos os direitos reservados.