Boletim Notícias



O IAB-BA nos seus sessenta anos

iab-60anosO Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento da Bahia (IAB-BA) completa hoje 60 anos de serviços prestados à cultura da Bahia – entidade reconhecida pela sociedade baiana no que tange à sua credibilidade e ao seu conhecimento específico nas áreas da arquitetura e do urbanismo. Foi criado em 30 de abril de 1954 para congregar os arquitetos e urbanistas domiciliados no Estado da Bahia; é uma associação civil, de caráter cultural, sem fins lucrativos. Pertence ao Instituto de Arquitetos do Brasil, criado em 1921, no Rio de Janeiro, que por sua vez é a Seção Nacional da União Internacional de Arquitetos (UIA), órgão assessor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Dentre as finalidades previstas no Estatuto do IAB e no Estatuto do IAB-BA estão: representar arquitetos junto aos poderes públicos e entidades, culturais e técnicas, colaborando para o desenvolvimento técnico-científico e sociocultural do Brasil; contribuir na defesa do patrimônio cultural nacional e do meio ambiente; promover conferências, congressos, cursos, debates, premiações, exposições e publicações que contribuam para a dinamização e o desenvolvimento das atividades profissionais do arquiteto e para a melhoria da qualidade de vida urbana; organizar, valorizar e a divulgar Concursos de Arquitetura, bem como a defesa de que os Poderes Públicos, órgãos paraestatais e entidades culturais se utilizem de Concursos Públicos como procedimento democrático para a contratação de projetos.

O IAB-BA tem promovido, em parceria com o poder público e entidades privadas, diversos encontros técnicos que visam à discussão sobre questões ligadas à qualidade do ambiente urbano. Dentre diversos eventos promovidos pelo Instituto podem ser citados: o Fórum Salvador e suas Frentes Marítimas, em agosto de 2006, em parceria com a Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), no Centro Administrativo da Bahia (CAB) – encontro que reuniu especialistas locais e nacionais com o objetivo de avaliar a orla marítima e suas relações com a cidade do Salvador; o ArquiMemória 3 e 4 – Encontro Internacional sobre Preservação do Patrimônio Edificado, realizado em junho de 2008 e em maio de 2013, respectivamente, em parceria com a Faculdade de Arquitetura da UFBA com mais de 800 participantes de todos os estados brasileiros e de 15 países; o Seminário Regional “A Produção Atual de Habitação de Interesse Social na Bahia: Projeto e Inserção no Território” em maio de 2012. Atividade preparatória para o Simpósio Nacional “O Desenho da Casa Brasileira”, em Brasília, constituída por um balanço geral da produção recente de habitação de interesse social no Estado, com destaque para o Programa “Minha Casa, Minha Vida”; o Seminário Nacional sobre Política Urbana – Quitandinha+50, “Esvaziamento dos Centros: a dinâmica urbana e a expansão incontrolável”, em agosto de 2013. Seminário que trouxe a questão da capital baiana, com discussões e propostas a partir de especialistas com experiências em outras cidades do Brasil e do mundo; o Seminário Internacional 6º Projetar – o Projeto como Instrumento para a Materialização da Arquitetura: ensino, pesquisa e prática – evento científico voltado para um público de profissionais e professores de Arquitetura e Urbanismo, em novembro de 2013, em parceria com a Faculdade de Arquitetura da UFBA.

O IAB-BA também possui larga experiência e tradição na organização de concursos públicos, geralmente promovidos em parceria com o Poder Público. Dentre vários, é possível destacar o concurso público Nacional de Ideias – Requalificação de Largos no Pelourinho: Tereza Baptista, Pedro Archanjo e Quincas Berro d’Água – Centro Histórico de Salvador, promovido pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) (2011-2012); Concurso Público Nacional de Anteprojetos de Arquitetura e Complementares para a Requalificação e Ampliação do Complexo Teatro Castro Alves, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria Estadual de Cultura (2009/2010); Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo da Praça Visconde de Cayrú, promovido pela Prefeitura Municipal de Salvador (2001); Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo do Largo Dois de Julho, promovido pela Prefeitura Municipal de Salvador (2001);

Neste momento o IAB-BA, atendendo aos interesses de arquitetos e urbanistas baianos, mais uma vez marca espaço com a proposta de um Workshop – “A Cidade que Queremos”, que pretende discutir algumas das questões que afligem a cidade do Salvador, como sejam: sistema de transportes, mobilidade, centralidade, mix de usos nos bairros de crescimento desordenado, base econômica, dentre outras. Pretende com esta proposta estabelecer o planejamento de curto, médio e longo prazo, e oferecer o produto à Prefeitura Municipal do Salvador, exercendo os direitos democráticos estabelecidos por lei, na busca de soluções a tantos entraves ao desenvolvimento de cidade, entendendo assim que, em muito, pode contribuir.

solange

Solange Araújo é Presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento Bahia – gestão 2014-2016. Arquiteta, mestre e doutora em Arquitetura e Urbanismo, é professora da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia.



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.