Notícias



O IAB/BA e o Dia Nacional do Patrimônio Histórico

Em 13 de janeiro de 1937, através da Lei nº 378, que reorganizava o Ministério de Educação e Saúde, foi instituído o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), projeto de Mário de Andrade, com a finalidade de promover em todo o país o tombamento, a conservação, o enriquecimento e o conhecimento do patrimônio histórico e artístico nacional. A criação do SPHAN, depois IPHAN com passagens também pelo Ministério da Cultura e hoje estabelecido no Ministério do Turismo, deveu-se a um conjunto de intelectuais ou melhor de forças intelectuais que buscavam “novo sentido à problemática da identidade nacional” dentro do condenável regime político institucional da Segunda República.

Há 22 anos, o dia 17 de agosto é dedicado ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico data referenciada ao trabalho de Rodrigo Melo Franco de Andrade, que durante 30 anos esteve a frente ao IPHAN, conduzindo, cotidianamente, o redescobrimento do Brasil, atento as contribuições intelectuais e representações icônicas para subsidiar a compreensão sócio histórica do país.

O IAB/BA enaltece sem festividades essa data face a situação adversa que ora enfrentamos seja pelos desafios impostos pela modernidade quando pessoas e objetos passam a ser descartáveis, seja por um governo que pouco economiza em elogios frequentes à ditadura, seja pelo quadro pandêmico que já ultrapassa mais de 100 mil mortos.

Na certeza da importância da renovação e de novos olhares da sociedade sobre o tema da preservação histórica tão cara a coletividade, o IAB/BA, com participação atuante nesse processo, empreende mais uma atuação de caráter profissional, aberta à sociedade.

Desse modo, promoveu junto com o canal de transmissão Filtro de Barro, no dia 17 de agosto, a LIVE  “Patrimônio em Movimento: Sentidos e Horizontes” e a publicação no seu site de textos reflexivas sobre temáticas Patrimônio Histórico.

Assim, desde já agradece aos arquitetos Pasqualino Magnavita, Paulo Ormindo de Azevedo, Zulu Araújo, ao antropólogo Ordep Serra, ao historiador Washigton Drumond, ao ex-secretário de planejamento da Bahia Wladeck Ornelas e ao agitador cultural Clarindo Silva, por terem tornado possível uma abordagem mais reflexiva desta muitas vezes ambígua questão.

 

Luiz Antonio de Souza

Presidente do IAB/BA

LIVE Patrimônio em Movimento: Sentidos e Horizontes 

A voz do Morto, por Whashigton Drummon e Alan Sampaio

Salve o Dia do Patrimônio Histórico, por Paulo Ormindo

Breve Nota sobre o Patrimônio, por Ordep Serra

Heterogênese do Patrimônio Edificado, por Pasqualino Magnavita



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.