Notícias



Fórum em Defesa do Patrimônio Brasileiro será lançado durante 21º CBA

 

Representantes de diversas entidades ligadas à preservação do patrimônio cultural brasileiro estarão reunidos no 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos (CBA), de 9 a 12 de outubro, em Porto Alegre, para o lançamento do Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Brasileiro. A iniciativa expressa o repúdio referente aos ataques promovidos pelo Governo Federal ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com a substituição de seus superintendentes estaduais por agentes públicos sem formação e sem experiência neste setor.

O ato de lançamento está marcado para a quinta-feira, dia 10 de outubro, às 13 horas, na Praça da Alfândega, no Centro Histórico de Porto Alegre. O local é sítio tombado pelo IPHAN e no qual estará instalada parte da programação do 21º CBA.

A organização do Fórum convoca arquitetos e urbanistas, historiadores, museólogos, arqueólogos, antropólogos, sociólogos, geógrafos e demais especialistas no campo do patrimônio cultural, servidores públicos, organizações e lideranças populares para se mobilizarem em defesa do Iphan, contra a nomeação sem critérios técnicos objetivos para os cargos de definição de políticas de preservação do patrimônio cultural material e imaterial.

Fazem parte do Fórum o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), a Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), a Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura (ABEA), a Associação Brasileira de Museologia (ABM), a Associação Nacional de História (ANPUH), a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (Anparq), a Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS), a Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE), a Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (Anpur), o Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA), o Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos Brasil), a Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FENEA), a Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) e a Seção Brasileira do Comitê Internacional para a Documentação e Conservação de Edifícios, Sítios e Conjuntos do Movimento Moderno (Docomomo Brasil).

“A atual administração do país, por meio da nomeação de pessoas sem formação ou experiência, busca desmontar o IPHAN, extinguindo as políticas de preservação construídas ao longo de 82 anos. As ações contra os servidores públicos e contra a estrutura do Estado Brasileiro atingem e prejudicam as políticas públicas do país e não atendem ao interesse público”, destaca Nivaldo Andrade Júnior, presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

Para ele, o apagamento da memória e a degradação do ambiente urbano prejudicarão toda a população do Brasil, de modo irreversível. “Defendemos a valorização das carreiras de servidores afeitas à preservação de nosso patrimônio cultural, com critérios que respeitem o Estado Democrático de Direito e a Constituição Federal de 1988”, destaca.

 

Sobre o Congresso

21º Congresso Brasileiro de Arquitetos  será realizado de 9 a 12 de outubro em Porto Alegre e servirá como preparatório do 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), que acontecerá em 2020 no Rio de Janeiro, e irá homenagear a arquiteta e urbanista Briane Bicca, falecida em junho de 2018. Conselheira suplente do CAU/BR, Briane marcou a história da Arquitetura e Urbanismo no Brasil com uma extensa atuação no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que incluiu a redação do dossiê enviado à Unesco que tornou Brasília Patrimônio Mundial da Humanidade. O IAB RS espera mais de 3 mil arquitetos e urbanistas brasileiros presentes.

Com o tema “Espaço e Democracia”, o 21º CBA vai realizar palestras, debates, oficinas, minicursos e apresentação de trabalhos profissionais e acadêmicos em mais de 20 locais de Porto Alegre, tendo como referência a Praça da Alfândega, no centro da cidade. Será usada a estrutura usada para a realização da Feira do Livro de Porto Alegre, a maior feira cultural ao ar livre da América Latina.

Os debates acontecerão em três eixos temáticos: Arquitetura, Cidade e Ambiente; Cultura e Memória; e Formação e Fazer Profissional. Arquitetos e urbanistas e profissionais de diversas áreas do conhecimento vão discutir como as cidades contemporâneas convivem com formas de ocupação que demandam soluções emergentes e obrigam a Arquitetura e Urbanismo a explorar novas formas de atuação. Isso com minicursos sobre as novas tecnologias de construção, chamamento de trabalhos e debates sobre a organização política dos profissionais da área.

 

 



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2019. Todos os direitos reservados.