Notícias



Chamada de trabalhos: 6° Seminário de Habitação, Meio Ambiente e Sustentabilidade

A Federação Nacional dos Arquitetos Urbanistas realiza exposição de trabalhos  oriundos das Universidades, centros de pesquisa, órgãos públicos, escritórios privados e ONGs; com a finalidade de divulgar as ações ou estudos relacionadas ao tema.

I. DO SEMINÁRIO

1. APRESENTAÇÃO
O crescente impacto das mudanças climáticas sobre as cidades brasileiras tem levado a reflexão quanto à importância do planejamento urbano, do meio ambiente, da habitação e da sustentabilidade urbana, fatores que interferem diretamente na amenização do impacto de desastres naturais.
O Brasil ainda se encontra num estágio inicial de prevenção e atendimento a ocorrências, visto que são recentes as organizações de eventos e as publicações acerca desse tema.
O grande desafio da Defesa Civil no Brasil e da Estratégia Internacional para Redução de Desastres no mundo é o de minimizar os danos humanos, materiais e ambientais e os conseqüentes prejuízos econômicos e sociais resultantes da ocorrência de desastre.
A FNA (Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas), ao realizar em Florianópolis – SC seu seminário anual, pautou a realização de um seminário que pretende debater os rumos da habitação brasileira levando em consideração as mudanças climáticas, situações de vulnerabilidade, ocorrência de desastres, ocupação do solo em áreas de risco, entre outros.

2. JUSTIFICATIVA
A elaboração e implementação de planos e projetos que tanto minimizem a vulnerabilidade quanto previnam a ocorrência de um fenômeno natural de grande impacto, quanto à sistematização de atendimento a vitimas desabrigadas e reordenação dos locais atingidos é preocupação dos arquitetos, urbanistas e da FNA.
É fundamental que se considere os aspectos que limitam a concepção desses projetos de acordo com cada situação em que se pretende atuar. No atendimento de um desastre, por exemplo, o desafio é conceber um projeto rápido, que proporcione agilidade no atendimento, baixo custo de produção, por geralmente se tratar de um grande numero de famílias, bem como conceber projetos com criatividade, qualidade e sustentabilidade ambiental.
A FNA e parceiros entendem que um Seminário com esse viés e tema propostos, vem de encontro com a necessidade do momento.

3. OBJETIVO
O Seminário vem para contribuir no enfrentamento do desafio, ora colocado, que é a prevenção e a ação em situações extremas, através de planos de prevenção, planejamento e projetos arquitetônicos e urbanísticos. O objetivo do seminário é divulgar e discutir práticas nacionais de atendimento e prevenção de desastres, uma ação conjunta entre as entidades ligadas às áreas tecnológicas na busca da qualidade dos projetos e metodologias de prestação de ajuda relacionado à ocorrência de desastres naturais e propor medidas.

II. DA EXPOSICAO

Paralelo ao 6º Seminário, a FNA realiza uma exposição de trabalhos brasileiros, oriundos das Universidades, centros de pesquisa, órgãos públicos, escritórios privados e ONGs; com a finalidade de divulgar, no País, as ações ou estudos relacionadas ao tema.

1. DA PARTICIPAÇÃO
1.1 Poderão enviar trabalhos para exposição no Seminário e durante a 34º ENSA (Encontro Nacional de Sindicatos de Arquitetos e Urbanistas), profissionais, estudantes, empresas, entidades e o poder público, diretamente envolvidos com o tema do Seminário.
1.2 A participação poderá ser individual ou em equipe. Nas propostas coletivas deverá ser devidamente identificado um responsável pelo projeto.
Coordenação Técnica:
Comissão Coordenadora formada pela FNA.
Entidades parceiras:
Caixa Econômica Federal, CNPL, CREA-SC e CONFEA.

2. DA INSCRIÇÃO
2.1 As inscrições estarão abertas a partir de 1 de setembro de 2010 a 15 de outubro de 2010.
2.2 O candidato ou equipe deverá enviar email para secretaria@fna.org.br contendo dados pessoais completos – nome, endereço, email, profissão, fones- e da equipe, se houver, o titulo do trabalho, local de realização do trabalho, objetivos e problemática desenvolvida.
2.3 A inscrição, após o prazo de 30 de setembro, será efetivada pela Coordenação Técnica do Seminário e o inscrito receberá email para preparar e enviar seu trabalho para exposição e apresentação.

3. FORMATO DE APRESENTAÇÃO
3.1 O trabalho será enviado impresso (conforme 3.2.3) para a Coordenação do Seminário, na Sede do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina – CREA-SC (Câmara de Arquitetura do CREA-SC – Rodovia Admar Gonzaga, 2125 – Bairro Itacorubi – CEP 88034-001 – Florianopolis,SC – A/C. Arq. Luis Boabaid) em formato impresso ou em vídeo e a apresentação da proposta deverá ser entregue também em mídia digital, em arquivos no formato PDF ou os vídeos em formato wav, com duração máxima de 30 minutos.
3.2 Na mídia digital deve conter os arquivos conforme as especificações a seguir.
A. Memorial do projeto;
B. Proposta representada;
C. Resumo das propostas;
3.2.1. Memorial do projeto constando:
A) lugar onde está inserido o projeto.
B) carências e problemas detectados
C) justificativa da solução proposta.
3.2.2 Apresentado em um arquivo tipo formato PDF, gravado em CD, com o nome: Proposta+nomedocandidato.pdf, com limite de 3 (três) folhas no tamanho de impressão A2 no sentido vertical e a Proposta representada mediante:
A) desenhos e imagens que expliquem claramente as idéias adotadas bem como a solução apresentada.
B) Planta de Implantação ou Situação.
C) Planta baixa das principais construções.
D) Informações adicionais.
3.2.3. As pranchas deverão ser impressas em tamanho A2 e montadas em chapas de material rígido e leve (tipo “Foam Board”) com espessura de 5 mm e não deverão contar com moldura de qualquer espécie nem estar recobertas por lâminas de vidro, acrílico, policarbonato ou outro material semelhante.

4. DA EXPOSIÇÃO:
4.1 Todos os trabalhos participantes serão expostos na 34º ENSA (Encontro Nacional de Sindicatos de Arquitetos e Urbanistas) e em diversos estados, desde que estejam de acordo com as normas de apresentação. Haverá também uma exposição virtual dos trabalhos no site da FNA a ocorrer após a divulgação dos trabalhos. Os projetos poderão ser expostos em diversas mídias, com possibilidade de publicação.

5. DISPOSIÇÕES FINAIS
5.1. Fica assegurado à FNA, sem que caiba aos participantes qualquer tipo de reclamação ou indenização, o direito de alterar as condições deste Edital, ou qualquer documento pertinente a ele, fixando novo prazo, não inferior a 15 (quinze) dias, para a abertura das inscrições, a contar da publicação das alterações;
5.2. Os inscritos aceitam, no ato da inscrição, em ceder seus trabalhos para eventuais publicações dos mesmos, sem qualquer benefício pessoal de cunho financeiro ou ônus à comissão organizadora deste Seminário.
5.3. A inscrição no presente Concurso implica a total aceitação ao Edital em todos os seus termos e condições, com expressa renúncia a quaisquer direitos eventualmente argüidos, ressalvados os previstos em lei.

Faça o download da ficha de inscrição



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.