Boletim Notícias



CAU/BR promove campanha “Aprova Senado” em prol da PL 13/2013

Está na pauta de votações do Senado Federal o projeto de lei que institui a carreira de estado para arquitetos e urbanistas em todo o Brasil. O PLC 13/2013 caracteriza como essenciais e exclusivas de Estado as atividades exercidas por engenheiros, arquitetos e agrônomos ocupantes de cargo efetivo no serviço público federal, estadual e municipal. Trata-se de um passo fundamental para a qualificação das obras públicas no país, para o aperfeiçoamento do exercício profissional e também para a valorização dos arquitetos e urbanistas junto à sociedade.

Por isso, CAU/BR em parceria com os CAU/UF convida todos os arquitetos e urbanistas do país a apoiar essa causa. Enviar e-mail aos senadores do seu estado solicitando a aprovação integral do PLC 13/2013 e destacando a importância dessa lei para o melhor desenvolvimento das atividades de Arquitetura e Urbanismo realizadas pelo poder público é essencial. Sendo aprovado pelo Plenário do Senado, o projeto seguirá direto para sanção presidencial, com possibilidade de tornar-se lei ainda neste semestre.

ENVIE E-MAIL AOS SENADORES DO ESTADO DA BAHIA

Representam o estado da Bahia:

Senadora Lídice da Mata: lidice.mata@senadora.leg.br
Senador Otto Alencar: otto.alencar@senador.leg.br
Senador Walter Pinheiro: pinheiro@senador.leg.br

Arquitetos e Urbanistas baianos, enviem e-mail aos senadores acima e colaborem com a causa. Ao enviar sua mensagem aos senadores, inclua o e-mail da Assessoria Parlamentar do CAU/BR –institucional.parlamentar@caubr.gov.br – para que seja possível acompanhar com maior efetividade as solicitações formuladas.

 

CARREIRA DE ESTADO – O meio jurídico define “carreiras típicas de estado” as que exercem precipuamente funções de tributar, fiscalizar e punir, a exemplo de diplomatas e servidores de carreiras jurídicas, de auditoria e de gestão governamental, entre outras. Tais carreiras estão previstas na Emenda Constitucional 19, de 1998, conhecida por Reforma Administrativa. A designação favorece aqueles arquitetos e urbanistas que, no exercício da profissão como servidores públicos estáveis, passarão a ter direito a garantias especiais contra a perda de seus cargos. A medida reforça o planejamento público e garante maior independência aos profissionais, incentivando ao ingresso e à permanência na administração de profissionais de qualificação tecnológica.

O PLC 13/2013 teve origem na Câmara, em 2010, por iniciativa do deputado José Chaves. Se aprovado, ele também impactará a elaboração dos editais de concursos públicos para contratação de arquitetos. O que mudará é a designação da vaga a ser contratada. Em vez de vir especificado no edital “Analista Legislativo, com função de Arquiteto”, com a definição de carreira típica de Estado, a vaga passará a ser designada como de “Arquiteto”, como ocorre no caso dos advogados.

Em 05/11/14, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado já aprovara o projeto, que deveria seguir então para sanção da presidente da República, por seu caráter terminativo. Contudo, no dia 17/11 o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) apresentou recurso de pauta, com adesão de outros pares, no sentido da matéria ser encaminhada à discussão em plenário.

O CAU/BR e diversas outras entidades do setor, como a ANSEAF (Associação Nacional dos Servidores Engenheiros(as), Arquitetos(as) e Agrônomos(as) do Poder Executivo Federal) e o Sistema Confea/CREA, apoiam o projeto.



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.