Boletim Notícias



Carta de Fortaleza propõe agenda para o desenvolvimento do país

cartaO XX Congresso Brasileiro de Arquitetos (XX CBA) foi concluído com a edição da “Carta de Fortaleza” que reúne as principais proposições dos arquitetos e urbanistas brasileiros para o desenvolvimento nacional. Nela, são abordados temas como Habitação e o Direito à Cidade; Serviços Públicos e a Mobilidade Urbana; Planejamento e Gestão das Cidades; e Projeto de Arquitetura e Urbanismo. O relator da Carta, que fez a leitura na última sessão do Congresso, foi o arquiteto Luiz Fernando Janot, que define o documento como uma agenda afirmativa, em que “Os quatro eixos são ligados uns ao outros, não há uma priorização e nem como fragmentá-los. Se dividirmos perdemos a força”.
A Carta apresenta propostas inovadoras, como a criação do Programa de Universalização do Crédito Imobiliário. Com isso, as famílias poderiam decidir onde, como e em quais condições construiriam e comprariam a sua moradia. Na defesa do Planejamento e da Gestão das cidades, defende a Arquitetura e o Urbanismo como Função de Estado, bem como a valorização da participação popular. Para Janot, os governos também precisam se conscientizar dos assentamentos populares – como as favelas – são permanentes e fazem parte da nossa cultura. A Carta propõe a universalização da urbanização desses assentamentos e consequentemente a universalização dos serviços públicos urbanos.
O transporte público de alta capacidade – metrô, trens e barcas – é defendido como prioritário nas grandes cidades. “Há 50 anos foi priorizado transporte rodoviário em detrimento dos transportes de alta capacidade, o que permitiu a expansão exagerada das cidades, separando, inapelavelmente, a população mais pobre do seu trabalho”, analisa o arquiteto Janot.

A Carta de Fortaleza foi elaborada originalmente por uma Comissão de Redação, constituída pelos arquitetos Angélica Alvim, Jerônimo Moraes e Luiz Fernando Janot; foi debatida por ocasião da 145ª sessão do Conselho Superior do IAB, também realizada em Fortaleza às vésperas do XX CBA, e depois foi debatida em diversos fóruns do próprio XX Congresso Brasileiro de Arquitetos.

 

Carta de Fortaleza – link para download



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2019. Todos os direitos reservados.