Notícias



Acervo de Assis Reis será disponibilizado na internet

Foto: Júlia Rocha

Foto: Júlia Rocha

Neste ano, Assis Reis ganhará uma homenagem especial com o lançamento de um site contendo parte do acervo dos seus trabalhos. O arquiteto, que defendia uma identidade regional e traduziu isso em obras contemporâneas e singulares, morreu em 2011 e deixou importantes construções em Salvador, como a premiada sede da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), o prédio do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, ambos resultados de concursos públicos, e os Condomínios Solar das Mangueiras e Solar Itaigara. O portal estará disponível para consulta no endereço www.acervoassisreis.com.br a partir de 24 de outubro, dia no qual completaria 87 anos. Para marcar a data, a família do Professor Assis recebe convidados na Sede Histórica do IAB, na Ladeira da Praça.

Contemplada pelo Edital voltado à Restauração e Digitalização de Acervos Arquivísticos Privados, lançado em 2012 pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT), a proposta permitiu o resgate e a catalogação de plantas de projetos arquitetônicos, croquis, filmes, gravações de entrevistas, desenhos de caricaturas, textos, documentos e fotos, que compreendem as décadas de 1960 a 2010, e que estarão acessíveis ao público para consulta. A iniciativa da organização desses documentos partiu de uma das filhas de Assis, a também arquiteta Márcia Reis, que temia pela perda do material. “Acreditávamos que um acervo com esse valor cultural deveria ser disponibilizado para toda comunidade de arquitetos e alunos de arquitetura por ser um grande referencial para pesquisa”, justifica.

Além de aproximadamente 300 plantas de projetos de arquitetura, a maioria já digitalizada, Assis Reis deixou uma biblioteca com 1.000 livros que farão parte de uma segunda etapa de trabalho. Márcia Reis, que atualmente é diretora de Comunicação do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento da Bahia (IAB-BA), planeja ainda a criação do Centro de Referência da Arquitetura Baiana. Fazem parte da equipe de trabalho da organização do acervo o doutor em arquitetura e urbanismo José Carlos Huapaya Espinoza, que trabalhou 7 anos com Assis Reis a estudante de arquitetura Yana Machado, e Júlia Rocha, neta do Professor Assis.

A contribuição de Assis Reis, nascido Francisco de Assis Couto dos Reis, à arquitetura moderna brasileira é reconhecida por gerações de profissionais que ajudou a formar a partir de 1968, como professor na graduação e pós-graduação da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, onde também estudou. Em 2008, recebeu a Comenda do Colar de Ouro do Instituto de Arquitetos do Brasil pelo conjunto de sua obra, maior honraria da entidade.



Sede

Edifício dos Arquitetos
Ladeira da Praça nº 9, Centro

(71) 3335-1195
iab-ba@iab-ba.org.br

Escritório Executivo

Ed. Raphael Gordilho, Av. Lucaia 317, sala 203,
Rio Vermelho, CEP 41940-660 Salvador, BA


Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2020. Todos os direitos reservados.